Estratégia de investimento – Momentum 6m (mensal)

A estratégia de Momentum Investing de 6 meses com rebalanceamento anual teve um desempenho interessante (clique aqui para ler o artigo). Fiquei curioso em saber qual seria o resultado com rebalanceamento mensal. Isso é o tópico do backtest apresentado neste artigo. Os filtros e metodologia são os mesmos da estratégia com rebalanceamento anual, apenas com as seguintes alterações:

  • Rebalanceamento mensal (cada carteira é comprada no começo de cada mês e depois é vendida no final do mesmo mês),
  • Cada carteira tem 20 ações.

Vamos analisar os resultados.

Resultado vs bechmarks

6m_m table

6m_m chart

O momentum 6m com rebalanceamento mensal ganhou. O retorno total bruto foi 695x o capital investido, ou seja, CAGR nominal de 33% (CAGR real de 24%). Acima do momentum 6m com rebalanceamento anual e dos benchmarks. Para as comparações com os outros backtests ficarem consistentes, calculei quanto os R$ 10.000 investidos se tornariam, porém não podemos assumir que seria quase R$ 7 milhões conforme o resultado deste backtest (a liquidez diária de algumas ações não seria suficiente para este montante, principalmente nos últimos anos do período analisado quando a carteira ultrapassou o valor de R$ 1 milhão). Mesmo assim, é interessante observar a consistência dos resultados. O rebalanceamento mensal diminui a volatilidade (menor desvio padrão) e aumentou % dos mêses de lucro. O drawdown máximo e o retorno do melhor mês foi pior.

Retorno anual

6m_m benchmark table

A estratégia ganha do IBOV ~90% do tempo e em relação ao LFT ganha ~60% do tempo. A estratégia teve apenas 3 anos de resultados negativos (1998/99, 2008/09 e 2013/14).

Resultado por quintil

6m_m quintiles chart

6m_m quintiles cagr

Outro comprovante da consistência é o resultado dos quintis – há uma tendência de declínio perfeita, ou seja, quanto maior o momentum, maior o CAGR (CAGR do Quintil 1 > CAGR do Quintil 2 > CAGR do Quintil 3 > CAGR do Quintil 4 > CAGR do Quintil 5). Esta distribuição dos rendimentos é rara nas estratégias já testadas.

Conclusão

O resultado foi excepcional, consistente e acima das outras estratégias testadas até este momento. Esta estratégia passiva simplismente sugere surfar a onda, comprar as ações com a maior valorização (ou a menor desvalorização) dos últimos 6 meses e todo mês trocar a carteira. E isso sem analisar os fundamentos das empresas! Porém, preciso deixar um disclaimer, os resultados apresentados são brutos (igual aos outros backtests, conforme escrito no primeiro artigo do blog), ou seja, sem considerar as taxas de corretagem (isso não é um problema hoje com as taxas baixas, ou até zeradas) e o imposto de renda sobre ganho de capital. Entretanto, o fenômeno do Momentum Investing pode ser bastante útil no desenvolvimento de estratégias quantitativas de investimentos.

5 comentários em “Estratégia de investimento – Momentum 6m (mensal)

  1. Excelente novamente. Uma estrategia que fiz o backtest e performou ainda melhor foi dar um lag de 2 semanas na estrategia (ignorar o momentum das 2 ultimas semanas). Tem um paper q mostrou q nas primeiras semanas da estrategia, os ativos tendem a corrigir. A AQR usa a estrategia momentum 12_2. Ignoram o ultimo mes e fazem o momentum de 12 meses dos ultimos 11 meses, fazendo o ranking com as empresas desses meses e pegando as que foram mais consistentes em termos de momentum (quality momentum). Ainda n testei esse modelo no IBOV.

    Abs

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.